Em parceria com: Correio do Povo
Correio do Povo
Laçador de Ofertas
História do Laçador

O Laçador surgiu no ano de 2011, quando três jovens colegas de faculdade, que tinham o sonho de empreender, se reuniram com o objetivo abrir uma empresa. Com pouca experiência e pouco capital, as opções de viabilizar e estruturar um novo negócio não eram muitas. Após analisarem algumas possibilidades, os jovens empreendedores vislumbraram uma oportunidade no mercado de compras coletivas. Nessa época, o mercado de compras coletivas já tinha 1 ano e meio de existência e estava no seu ápice, com mais de 2700 empresas estabelecidas no Brasil. Apesar da grande concorrência, de não possuírem nenhuma expertise em TI e de não acreditarem que o mercado de compras coletivas duraria por muito tempo, os três colegas de faculdade decidem que abrir um site de compras coletivas seria uma boa opção, pois não seria necessário investir muito capital, poderiam ganhar experiência e rentabilidade com o negócio e eles trabalhariam com algo no qual acreditavam: a ideia de poder estimular as pessoas a conhecerem novos lugares e viverem novas experiências, além de desenvolver a economia local. Estava formada a concepção do Laçador.

Entretanto, como os sócios não acreditavam no mercado a longo prazo, eles estabeleceram que trabalhariam no Laçador por apenas um ano. O objetivo seria ganhar experiência como empreendedores e levantar um bom capital durante esse período, para então vender ou fechar empresa e abrir novos negócios com uma abrangência maior. Só que durante esse período, por prestar um serviço de qualidade acima da média de mercado, o Laçador cresceu muito mais que o esperado e outros planos foram traçados para a empresa. Ao invés de fechar ou vender o Laçador, um novo objetivo foi traçado: transformar o Laçador no maior site de compras coletivas do RS. Esse objetivo foi alcançado em 2013. Durante os anos de 2014 e 2015 o Laçador trabalhou na consolidação da sua posição de mercado, em formar uma equipe qualificada e aprimorar a qualidade do nosso serviço. Nesses anos os sócios do grupo também iniciaram novos projetos, como a República Begas, uma empresa de alimentos saudáveis e práticos para consumo, e o Panda Club, uma empresa similar ao Laçador. Para 2016, queremos transformar nosso modelo de negócio, focando em inovação e na experiência do usuário. O objetivo é encontrar novas oportunidades para o Laçador continuar crescendo, atingindo novos públicos e mercados.

Atenciosamente,
Equipe Laçador de Ofertas